h1

escola

Julho 25, 2013

Nunca gostei da escola. Nunca me interessei pelo o que os professores tinham a me dizer. Sempre levava dura por preferir ficar na janela da sala, olhando navios chegando ao porto de Santos… Em contrapartida aprendi cedo a matar aula, a descer pela porta de trás do ônibus que teoricamente me levaria à escola e  economizar o dinheiro da passagem pra comprar discos (vinil na época, claro) e aprender com eles a tocar músicas do Led Zeppelin e os blues de Freddie King ao violão, tirando tudo de ouvido. Conseguia estudar apenas no fim do ano pra passar e nunca levei bomba, nunca repeti de ano. Agradeço ao Colégio do Carmo por despertar meu total desinteresse pelo estudo formal, me repelindo pra fora da escola, pra rua,  onde realmente conheci o que sempre foi e continua sendo útil pra minha existência: tocar guitarra (meu hobby e sustento há anos), apreciar a natureza e o mar, onde aprendi a nadar e surfar, e a paixão que desenvolvi pela estrada, pois sempre viajava, enquanto todos estavam em sala de aula, a São Paulo com os amigos igualmente vagabundos pra aventuras por lá, comprando discos na Galeira do Rock, vendo peças pornô pelo centro da cidade, rodando de skate.  A gente tinha só 14 anos.  E a gente já sabia pra onde ir…

Anúncios

6 comentários

  1. Aposto que vc sabe muito mais do que muita gente que frequentou a escola assiduamente. A vida te ensinou muito mais. Vc sempre escrevendo coisas muito legais.

    Abraço


  2. Conheço um Fabio Brum que fez preescola, fundamental e médio em um dos melhores colégios de Santos, o Carmo. Aos 17 anos fez vestibular de direito na Universidade Braz Cubas, em Mogi das Cruzes, SP, transferiu-se para Campo Grande e concluiu o curso na Universidade Católica Dom Bosco, depois de fazer estágio na Penitenciária. E de quebra formou-se em Inglês no Fisk. Ao mesmo tempo dedilhava o violão de olho no método do Paulinho Nogueira e hoje é guitarrista da banca Saco de Ratos, em Sampa. O cara ralou nos bancos escolares, bem diferente do autor do texto aí de cima.


  3. Porra Brum, estou aqui no hospital Ana Costa com meu pai internado e resolvi dar uma olhada no blog.Puta saudade daquelas barcas para a galeria do rock.Anos 80 e a gente descobrindo uma porrada de bandas.trocando fitas e lps.Lembro da gente bolando aula e pegando carona para praia de Pernambuco.um abraço


  4. Dessa época tenho saudades tbm do cachorro Capeto.Acho que era esse o nome.


    • grande Coelho… era capeto sim… como vc ta ?? saudades de coisas inocentes de moleques…rock and roll…


  5. Reblogged this on Mulamanca's Weblog.



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: