Archive for Setembro, 2012

h1

Dourados – Pedro Juan – 09/2012

Setembro 14, 2012

Claro que tem pessoas que gosto muito em São Paulo que me fazem amar morar lá, voltar pra lá. Algumas eu convivo, outras só deixaram boas recordações por que deixaram de existir ou eu que não existo mais pra elas. E digo que tá tudo certo com a cabeça baixa…Vida e escolhas, conscientes e não, que te fazem mais contemplativo quando só, mais melancólico. Arrependido de alguns atos cometidos no passado mas nunca lamentando as escolhas feitas, o caminho que elas me fizeram trilhar. Agradeço. E me pego com aquele sorriso terno dos velhos no rosto, toda vez que uma criança passa ou qualquer cena bela e sutil que eu saco sentado na janela desse ônibus atravessando a fronteira pro Paraguay…

E nesse vídeo você vê o principal porque de eu ter voltado pro Brasil no ano passado…voltei pra tocar guitarra com velhos amigos que respeito e amo …amo tocar, e aprendo muito com a convivência …sem contar que os caras tem uma paciência de jó com a minha insanidade sempre latente.

Relaxa, Fabio Pagotto. Já tô no Brasil de novo. Dessa vez não fiquei morando em Pedro Juan Caballero….ainda…

h1

Springsteen

Setembro 12, 2012

Os primeiros acordes dessa guitarra me inflam o peito… dou pulo e levanto com coragem e raça de vira-lata pra encarar minha vida com a gana de um peso-pesado, dando jabs no ar…

Valeu, Bruce

http://www.youtube.com/watch?v=Nc_mv46NwT4

h1

Acidente 2

Setembro 8, 2012

O show no Lenda’s em Campo Grande acabou 3 da manhã e tive que sair rápido rumo ao aeroporto pra pegar o vôo às 4 da manhã de volta pra casa. Meu brother Marcelo Chaves me deu carona no seu carro e um amigo veio acompanhando a gente no seu fusca reformado que tinha acabado de tirar da oficina. Tava lindo, verdão, dos anos 60. Quase todo original. Quase chegando, no final da Afonso Pena, tem uma curva um tanto perigosa.  Eu no banco de trás, assisto de camarote o fucão derrapar na curva, sair de lado, e capotar. Já sofri mais de 10 acidentes de carro, tenho alguma expêriência no assunto. Falei pro Marcelo parar o carro e pedi pra sua namorada sumir com a minha cerveja e todas que estivessem no carro rapidamente. Corri em direção ao carro tombado de lado, com a porta do motorista virada pra cima. Vi de longe nosso amigo se mexendo lá dentro, o que foi um certo alívio. Subi em cima da porta do carro de lado, abri  e tirei nosso barbeiro de lá…Vi que ele tava bem(tinha sacado a maneira como o bicho capotou e a pancada foi aparada pelo teto, enquanto o carro rolava e tirava algumas faísca do asfalto… Tudo bem. Bom, estávamos perto do aeroporto. Marcelo me levou até lá enquanto eu  pedia pra ele acordar alguém sóbrio pra ir pro local do acidente assumir a bronca, dizendo que tava no volante…Carango voltou pra oficina e nosso brother não precisou de hospital. E o avião não caiu. Ainda não…ha…noites loucas