h1

Janeiro 15, 2008

As 4 da manhã ouço violões desesperados.Tristes, talvez.
Ou somente a alma falando de tristeza, sem propriamente senti-lá.
Assim sou eu na distância.
Desespero que por hora sufoca.
Mas é só respirar fundo para poder sentir a sua presença.
Que está em mim.

Por Sílvia Razuk

Anúncios

2 comentários

  1. Lindas linha Bebrum!!!!


  2. hum…e corações voam pelo anhangabaú…que bom…voar é para pássaros, aviões e corações, mesmo



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: